Playlist da semana #6 – Love

Tava sentindo falta? Pois é, a playlist da semana precisou de um pouco mais de inspiração e chega pegando mais leve, falando do amor. Ah, o amor que embala os sentimentos mais pieguas dos nossos queridos roqueiros. Entre sublimes corações ou puro ódio, veja a trilha que embala a playlist desse (meio) de semana.

>>The Dammed – “Love song”
Começar com o punk já que o restante será repleto de dobradinhas e baladas. “Love Song” foi um single gravado pelo Dammed em 1979. Foram prensadas 20 mil cópias do vinil que virou um dos seus hits mais conhecidos e os levou pela primeira vez ao badalado programa Top of the Pops. Versos lindos como “Eu vou ser o bilhete, se você é o meu coletor” fazem parte da declaração de amor punk. Romântico, vai?

>>Whitesnake
Ninguém falou, continuando falando tanto de amor e embalou tantos casais roqueiros como Dave Coverdale. E não só roqueiros né? É uma constante nas traduções “love songs” das rádios populares por aqui. O Whitesnake tem pelo menos 16 canções com “love” no título, fora as outras que falam sobre relacionamentos e relações haha. Ainda tem o disco “Lovehunter” de 79, entre outros. Dois dos maiores singles do amor estão nos vídeos.  “Love ain´t no stranger” é uma das faixas do “Slide It In”, sexto disco da banda gravado em 1984. Além de trazer a força dos vocais de Coverdale, é das melhores mostras da parceria com o teclado insandecido de John Lord. Foi por muito tempo um dos 44 maiores hits da parada britânica.
“Is this love” é faixa-título do disco lançado em 87. O canal VH1 a incluiu como umas das 100 melhores baladas mundiais. Ambos são clássicos absolutos que continuam embalando muito amor por aí, como se viu na apresentação conjunta da banda com o Judas Priest em agosto deste ano. O “É o amor” do Cobrabranca tem um videozinho no estilo mais anos 80, impossível. Cafoooona, mas a gente adora.

>>Scorpions – “I still lovin´you”
O Scorpions existe desde a metade dos anos 60. Com 20 álbuns lançados, incluindo o mais recente “Comeblack” de 2011, é uma das bandas alemãs mais bem sucedidas da história. O sucesso mundial começou em 1984, quando lançaram o álbum Love at First Sting, conquistando de vez os fãs americanos. Além da balada “Still Loving You”, o disco ainda tinha o hit “Rock You Like a Hurricane”. Isqueiros à postos para uma das maiores dores de corno do metal.

>>Kiss
Se falar de amor, não pode faltar o Kiss. A banda beijo tem inúmeros hits com “love” no título, até a sua própria “I still love you”. Quem se esquece da famosa “Calling dr love”? Pois bem, para não morrer em baladas ou no hit new wave da banda como “I was made for loving you” vamos de “Love gun”. A música é a faixa-título do sexto álbum de estúdio da banda, lançado em maio de 77. O disco ainda tinha o amor nas faixas “Got love for sale” e “I stole your love”. Quanto romance…
Para fugir um pouco do amor sublime amor dos casais apaixonados, temos “I love it loud“, uma ode aos rockeiros que querem o som que amam o mais alto e barulhento possível. A faixa faz parte do álbum, Creatures of the Night de 1982. I love it loud!!!

>>Queen – “Love of my life”
O Rock in Rio de 85 ficou marcado na história por inúmeros bons momentos entre a troca público e bandas. Freddie Mercury regendo uma multidão só com voz e violão ainda arrepia. “Love of My Life” faz parte do quarto álbum de estúdio, A Night at the Opera, lançado em 1975.  Foi escrita por Freddie em homenagem a Mary Austin, virou tema do austronauta israelense Illa Ramon e foi imortalizada naquele 19 de janeiro de 85.

>>Van Halen
O Van Halen também é conhecido por várias músicas de amor. E aqui temos dois momentos. O primeiro com a formação clássica com o Lee Roth nos vocais. “Ain’t Talkin’ ‘bout Love” é uma das faixas do auto-intitulado álbum de 78. E enquanto um não queria falar de amor, outro já não tinha pudor algum, inclusive enfatizado por declarações do guitarrista Eddie Van Halen dizendo que a banda fazia música para homenager e ganhar “bucetas”. Fino. A fase Sammy Hagar no vocal durou onze anos e foi a mais auto ajuda e romântica das letras do VH. “Can´t stop lovin´you” faz parte do Balance, décimo álbum da banda lançado em 24 de Janeiro de 1995. Confira as duas em versão ao vivo e vídeos afetados até o último acorde.

>>Pantera – “This love”
Prontos para um pouco de amor bruto? O Pantera não foi (ainda bem) uma banda de muitas baladas. Tirando a fase glam, algumas boas músicas menos rápidas, mas igualmente pesadas fizeram parte de sua (ótima) discografia. A música está no clássico sexto álbum “Vulgar Display of Power”, lançado em 92. Aparentemente é um amorzinho,  mas é sobre um cara que batia na mulher e mantinha o relacionamento dizendo que “eu me mataria por você, te mataria por mim”. Phil quis justamente manter essa hipocrisia do “amor” na letra. É um dos hits da banda e uma das melhores músicas de um disco que pode ser considerado perfeito.

>>Guns n´Roses – “I used to love her”
Essa é outra nada romântica e que tem uma história engraçada. Bom, tem pelo menos duas versões curiosas. Uma diz que é sobre uma música que o guitarrista Izzy Stradlin tinha ouvido no rádio e não gostado. Outra diz que o som é sobre uma cachorra que Axl tinha. Verdade ou não, a música é um dos hits favoritos que fugia da balada ou do heavy pegado que a banda costumava fazer. E não tem nada de romântica.

>>Gwar – “I hate love songs”
Para não terminar vendo estrelas, uma banda nada fofa. Gwar é uma das coisas mais esquisitas que você pode ver num palco. O som é sensacional, os caras tocam fantasiados e a performance ao vivo é um show de horrores com sangue, monstros, criaturas e todo tipo de encenação. Eu adoro. Se existe mesmo discos perfeitos, “Carnival of Chaos” é um deles. Os melhores hits do Gwar estão neste álbum lançado em 97. “I hate love songs” é parte dele. Para os nada romanticuzinhos, recomendo!

Amou? Eu também. Até a próxima e mais cedo na semana que vem!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s