Playlist da semana #14 – Sol

Tudo bem que ele anda bem sumido neste verão, nem tem tido muito tempo para aquela breguice hippie de aplaudir o nascer e o se por. Fato é que o sol já fez parte de várias músicas clássicas. Na playlist de hoje, algumas das ensolaradas canções do rock. E só dá gringo!

>>CREAM
Fala-se muito em power trios e existe mesmo grandes exemplos. Um dos mais clássicos é o Cream. Os britânicos Jack Bruce (baixista/vocalista), Eric Clapton (guitarista/vocalista) e o baterista Ginger Baker montaram a banda no final dos anos 60. A mistura bluseira psicodélica os fez conquistar os primeiros lugares das paradas. Seguidos de “Fresh Cream” de 66, foram mais três discos de estúdio, incluindo o estratégico e último “Goodbye” de 69. O disco, apesar do nome, não encerrou as atividades. A banda é tão emblemática para a história do rock que eventualmente se reúne, como numa das apresentações mais recentes, em 2005, nos shows do Royal Albert Hall e Madison Square Garden. “Sunshine of your love” é um dos hits mais conhecidos e faz parte do segundo disco “Disraeli Gears” de 67. O vídeo é da apresentação do Cream quando foram adicionados ao seleto Rock and Roll Hall of Fame em 1993. Começamos bem!

>>SOUNDGARDEN
Apesar de ser conhecido nos 90 vindos na onda do grunge, o Soundgarden é do final dos anos 80. Um pouco fora do barulho de Nirvana, Alice in Chains e Pearl Jam, a banda é uma desse time que tem a discografia mais linear e soturna. Talvez por isso não seja tão badalada quanto as citadas. “Superunknow” foi um dos discos mais comentados de 94 e “Black hole sun” veio tirar um pouco o título de one hit wonder que a banda havia conquistado com a boa “Outshined”. O buraco negro do sol do Sondgarden tem um dos vídeos mais bem produzidos até hoje na história dos videoclipes e critica todo o esteriótipo de famílias (americanas) perfeitas e felizes, que derretem sob o sol. Seria, há uma década atrás, um prenúncio do aquecimento global?

>>BEATLES
Falar de Beatles é sempre chover no molhado ou arrumar pra cabeça. Citar qualquer coisa sobre o “Abbey road” então…Melhor falar de algumas curiosidades em torno da composição de “Here comes the sun”. Essa é uma das músicas dos Beatles que parece ser das mais simples, mas tem muita sofisticação. Só a gravação final, levou quase 1 mês (teve início em 7 de julho de 1969 e foi concluída em 19 de agosto de 1969). George Harrison, além de autor da música, canta, toca violão, guitarra, sintetizador moog, e bate palmas.  Por estar se recuperando de um acidente de carro, John Lennon não participou desta música. Houve também a participação de instrumentos de orquestra: quatro violas, quatro violoncelos, um baixo, dois pícolos, duas flautas, duas flautas alto e duas clarinetas. Segundo George, foi “composta numa manhã ensolarada” na mansão de Eric Clapton.

>>RAGE AGAINST THE MACHINE
A máquina raivosa do Rage Against the Machine, uma das bandas mais importantes do rock da década de 90, esbraveja desde então direitos humanos e ativismo, somado a um som suingado e influenciado pelo funk, rap e o peso do hardcore. Além de prêmios, milhões de discos vendidos e shows lendários ao redor do mundo, a banda coleciona hits. “People of the sun” abre o segundo e badalado disco “Evil empire” de 96.

>>THE ANIMALS
Os britânicos gostam mesmo de reverenciar o Sol. Outro exemplo é o clássico “House of rising sun” do The Animals. A banda formada nos anos 60 e liderada pelo vocal Eric Burdon é percurssora da mistura do rock, com o folk e r&b. Sua discografia extensa inclui dezenove discos entre inéditos, coletâneas e ao vivo. O último foi em “Ark” de 83 numa das últimas tentativas de colocar a banda, que vivia em pé de guerra, de volta à ativa. New Orleans é uma das cidades americanas mais musicadas da história. E a tal da casa do sol nascente conta uma história mal sucedida de um jovem pobre vivendo por lá. Clássico e o master hit do Animals.

>>WEEZER
Criticada e alheia às provocações, o Weezer é uma banda que conseguiu com certa sagacidade reavivar aquele rockinho básico e inocente que os Beatles faziam e o que o Oasis encheu de sarcasmo e prepotência. A banda americana formada em 1992 ganhou o mundo com o hit e o videoclipe de “Boddy Holly”. Foram muitos discos, shows realizados, singles nas paradas e nove discos de estúdio lançados em parceria com a Geffen Records até 2009.  “Death to false metal” é o disco mais recente, lançado em 2010. “Island of the sun” é uma das mais ensolaradas e zoológicas desta playlist.  Composta pelo vocalista River Cuomo, faz parte do terceiro e homônimo disco lançado em 2001, também conhecido como o green album. Destaque para o videoclipe dirigido por Spike Jonze.

>>THE VELVET UNDERGROUND
Antes do polêmico “Lulu”, disco gravado em parceria com o Metallica em 2011, Lou Reed já vinha há muito chacoalhando a cena rock. The Velvet Underground é uma das mais influentes bandas dos anos 60. Seu vanguardismo se destaca pelas experimentações nos sons e com as quais a banda, dentro e fora dos palcos, lidava de corpo e alma e sem medo de correr riscos – em todos os sentidos. Foram, só de estúdio, cinco discos, incluindo o de estréia, “The Velvet Underground and Nico” de 67 – também conhecido por ser o tal disco da banana (aquele que tem a fruta desenhada por Andy Warhol na capa, sabe?). “Who loves the sun” abre o quarto disco da banda, “Loaded” de 70. Antecede aquela musiquinha “Sweet Jane” que metade do globo conhece.

>>SEX PISTOLS
Nunca mais vai existir uma banda que, com um disco só, consegue ser tão importante para a história de um estilo como o Sex Pistols foi para o punk. Apesar de muitos outros discos e bandas serem icônicos, nenhuma conseguiu em tão pouco tempo e apenas doze músicas fazer o que Johnny Rotten e cia conseguiram. Apesar de “Anarchy in the UK” e “Good save the queen” serem os sons mais conhecidos, “Holidays in the sun” abria o lendário “Nevermind the bollocks” de 77. Som enfurecido contra um povo que preferia as férias debaixo do Sol do que ir lutar contra as injustiças do mundo como o Muro de Berlim. Otários arruaceiros né? Tá bom…

>>ARTIC MONKEYS
Mais uma britânica aqui para variar. Artic Monkeys é hoje uma das mais importantes do cenário alternativo. De 2002, quando surgiram, até então, foram quatro barulhentos álbuns lançados, incluindo o super elogiado “Suck it and see” lançado em 2011. “When the sun goes down” é o segundo single do disco de estréia “Whatever peolpe say I am, That´s what I´m not”, lançado em janeiro de 2006. Foi a segunda música de trabalho depois do blaster hit “A certain romance”.

>>VIOLENT FEMMES
Violent Femmes é uma banda relativamente velha. De tão alternativa nem tem tantas informações sobre. O trio formado por Gordon Gano (vocais e guitarra), Brian Ritchie (baixo) e Guy Hoffman (bateria) foi formado em 84, tem uma discografia relativamente grande de estúdio. O último lançamento foi uma coletânea que saiu em 2005. “Blister in the sun” é do disco homônimo de estréia lançado em 82. O vídeo incluiu cenas do filme “Matador em conflito”, lançado em 1997 e  estrelado por John Cusak.

>>RED HOT CHILLI PEPPERS
“Behind the Sun” é uma música do álbum de 1987, The Uplift Mofo Party Plan. A banda originalmente queria lançar a canção como um single em 1987, porém, só foi lançado em 1992 para promover a compilaçãoWhat Hits!?. Um vídeo também foi feito em 1992 e de animação combinando cenas do vídeo de “Higher Ground”.

>>SMASH MOUTH
Essa banda americana tocou demais nas rádios antes de ser conhecida como “a banda da música do Shrek”. “Walking on the sun” é o single de estréia gravado no disco “Fush Yu Mang” de 1997.


>>BEN HARPER
Praieiro, Ben Harper não podia ficar de fora dessa lista. A faixa “She´s only happy in the sun” é a que encerra o primeiro e badalado primeiro disco do cantor, “Diamonds on the inside”, gravado em 2003. Acústico e emocionante!

Uma das playlist mais legais de fazer até então! Faça chuva ou faça Sol, volto semana que vem. Até!

Foto: Ricardo Matsukawa/Terra | Com informações da Wikipedia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s