“Dookie” – 18 anos

Quando o Green Day estourou nas paradas nos anos 90, surgiu como salvação do punk para alguns e vitrinização do estilo que preferia permanecer integro no underground, mas sem dinheiro e nada popular para outros. São mais de 20 anos de estrada, vários discos lançados e um sucesso estrondoso. Tudo começou a partir de “Dookie”, disco de fevereiro de 94, que, no dia 1º passado, completou 18 anos do seu lançamento.

A primeira mudança que realinhou o disco, o terceiro até então na carreira do Green Day, e determinou o sucesso que teve foi a mudança de gravadora. Os anos Lookout! ficaram para trás e a banda passou a ser do casting da Reprise, tendo o disco com produção de Rob Cavallo (atual Warner). Toda a produção, aliás, foi local, com estúdio e mixagem na Califórnia.

A banda tinha apenas uma demo com as músicas. A única exigência é que ele soasse como Sex Pistols ou como o primeiro álbum do Sabbath. As gravações duraram três semanas e as mixagens duas. Não ficou exatamente como a banda gostaria. Rob concordou e refez as mixagens no Fantasy Studios. O resultado foi o mais próximo do que o trio desejava.

TÍTULO E ARTWORK 

Apesar da eterna acusação de vendidos, tudo o que o Green Day não queria soar era como uma banda fofa, polida e sem ideologia. O título foi inspirado numa diarréia coletiva que frequentemente a banda sofria por ingestão de alimentos estragados. Tinha até um apelido para a crise: ‘liquide dookie’. Dessas experiências veio a idéia de colocar o nome no disco, que resumido ficou só “Dookie”.

A arte da capa é uma ilustração feita por Richie Bucher, que retrata bombas sendo lançadas sobre pessoas e edifícios. No centro, há uma explosão com o nome da banda no topo. Armstrong (vocalista) explicou o significado da obra:

“Eu queria que a obra de arte tivesse um olhar realmente diferente. Eu queria que representam a East Bay e de onde viemos, porque há um monte de artistas da cena Bay que são tão importantes quanto a música. Então nós conversamos com Richie Bucher. Ele fez uma capa para um 7 polegadas para um banda chamada Raooul que eu realmente gostei. Ele também tocou em bandas em East Bay tem anos. Há pedaços de nós enterrados na capa do álbum. Há um cara com sua câmera no ar. A personagem que se parece com a Mona Lisa é a mulher na capa do primeiro álbum do Black Sabbath. Angus Young está em algum lugar também. O graffiti em que se lê “Irmãs cão torcida” refere-se a duas meninas de Berkeley. Acho que o cara dizendo: “O bolinho de menino” era uma referência a um policial local. “

FAIXAS

Das quatorze faixas de “Dookie” pelo menos seis são mega hits e presenças praticamente obrigatórias nos set lists dos shows. A maior parte das composições são de Armstrong e os temas são ansiedade e ataques de pânico, masturbação, orientação sexual, tédio e ex-namoradas. “Burnout”, “Longview”, “Welcome to paradise”, “She”, “Coming clean”, “Basket case” entraram no topos das paradas e, por causa das vendagens e da popularidade que a banda conseguiu a partir de então, entrou para os 200 mais importantes álbuns da história do rock – segundo a lista do Rock and roll Hall of Fame.

REPERCUSSÃO

Em pelo menos sete países em que foi lançado teve um sucesso absurdo de vendas, de liderança de paradas e enfim, o Green Day passou a ser uma banda de arenas, uma banda ‘sold out’ e não mais os magrelos sujos, punheteiros, maconheiros sem dinheiro. A imprensa também se rendeu ao sucesso da banda escolhida naquele ano como mais relevante e melhor disco. O renomado jornal New York Times publicou em 95 (no original pra não estragar): “Punk turns into pop in fast, funny, catchy, high-powered songs about whining and channel-surfing; apathy has rarely sounded so passionate”. Pois é… que se roam os conservadores.

VÍDEOS

Dois dos vídeos mais importantes lançados desse disco são “Longview”, e “Basket case” (o mais clássico e melhor de todos). Se é melhor curtir do que falar, se joga!

É indiscutível dizer que a banda conseguiu, sem mudanças de formação, com discografia constante e shows abarrotados ao redor do mundo, mostrar o seu valor. Tem motivos de sobra para ter o sucesso e reconhecimento que tem. Antes de “Dookie”, a fase porra louquice foi um pouco deixada de lado e banda já atingiu a maioridade há algum tempo.

Com informações da Wikipedia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s