Filme: “Surfing for change”

Um filme protesto. “Surfing for Change: J Bay Nuclear Plant” é um novo curta-metragem que explora os perigos de uma usina de energia nuclear planejada nas praias cristalinas da Jeffrey’s Bay, África do Sul.

Produzido pelo jovem ativista ambiental, surfista profissional e cineasta Kyle Thiermann, o filme chama a atenção do potencial para o desastre ambiental se a Eskom, empresa sul-africana de energia nacional, construir a usina nuclear nas águas de um dos mais famosos destinos de surf do mundo.
Apresentando em entrevistas com renomado líder ambiental Van Jones, o 11 vezes campeão mundial de surf Kelly Slater, o documentarista Foster Gamble e ativistas locais de surf, o filme chama a atenção para os perigos inerentes da energia nuclear na sequência do desastre de março de 2011, o Fukushima Daiichi – maior falha nuclear desde o acidente de Chernobyl, em 1986. Ressaltando as preocupações profundas sobre o que está em jogo, o filme também oferece uma perspectiva pessoal de Takayuki Wakita, um surfista japonês cuja família morava a 100 quilômetros da crise na usina nuclear de Fukushima Daiichi, e agora reside em J-Bay.

“Surfing for Change: J Bay Nuclear Plant” está disponível gratuitamente no YouTube. O filme desafia os jovens a tomar medidas e usar os canais de mídia social para apoiar a oposição global à usina, incentivar a exploração de fontes alternativas de energia e apontar para decisões tomadas pelos principais países europeus a abandonar as usinas de energia nuclear – a Alemanha vai terminar a sua utilização em 10 anos. Thiermann espera que o filme ajude nos esforços dos moradores locais, que estão lutando contra uma iniciativa de bilhões de dólares que promete oportunidades de emprego a curto prazo, mas corre o risco de catástrofe ambiental futuramente.

A serie “Surfing for Change” mostra a pessoas que não se consideram ativistas como ajustar simples ações diárias para fortalecer suas comunidades locais e proteger o meio ambiente. Seu filme “Claim Your Change” detalhou como o dinheiro mantido em bancos multinacionais é usado para financiar projetos destrutivos em todo o mundo. Ele inspirou as pessoas a mover centenas de milhões de dólares de poder de empréstimo em bancos locais e cooperativas de crédito.

Desde então, ele produz filmes que vão desde a importância de fazer compras localmente até a utilização de uma saco plástico no Hawaii. Em sua carreira, Kyle surfou em toda a Indonésia, Chile, Peru, El Salvador, Costa Rica, México, Sri Lanka, Austrália, Hawaii e em todo os Estados Unidos.

Para mais informações, visite o site oficial.

Com informações do Waves

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s