Oi Vert Jam: Vergonha!

Uma sucessão de erros e mais uma mostra da incompetência transmitida em rede nacional. A chuva, sempre, foi a grande culpada por estragar a “ótima” estrutura da nova sede do vert montada na Praia do Ó, na Barra da Tijuca (RJ). A vergonha marcou a  primeira etapa da WCS 2012. Às vésperas de mega eventos no Brasil, pelo menos com as competições locais e com o skate, a coisa parece andar para trás e não há mostras da boa vontade em sair do amadorismo.

Os dias anteriores e as disputadas baterias davam mostras de uma manhã de domingo competitiva e uma final pegada para o skate PRO mundial. Com maioria de brasileiros entre os competidores, foi diante deles e dos gringos (atletas, admiradores, imprensa e torcedores) que o evento simplesmente não aconteceu por causa da chuva. A nova sede do Oi Vert Jam, até então, passa a ser a Praia do Ó na Barra da Tijuca. A proximidade do mar, do vento aberto para a pista semi-coberta fizeram com que a água invadisse inviabilizando assim qualquer possibilidade de manobra. A falta de planejamento e cobertura para evitar esse problema, deixou atletas sem ação, público molhado e convidados do camarote espremidos na precária estrutura. Rodo e panos não deram conta e a chuva vinha de todos os lados.

A TRANSMISSÃO

Que a Globo espetaculariza tudo e dá prioridade para a sua grade como bem lhe convém, isso nós sabemos. Foi durante a transmissão ao vivo que, apesar das tentativa da repórter Fernanda Gentil de fazer um trabalho sério, tivemos que aguentar as piadinhas de (sempre) mal gosto de Tiago Liefert, enquanto o comentarista Geninho Amaral desacreditava da falta de condições da pista.

Sem maiores possibilidades de correr a final dentro do horário previsto, os skaters improvisaram e alguns deles levaram no bom humor. Um foi Marcelo Bastos que, sem possibilidades de tentar o terceiro título consecutivo, andou uns minutos na base da pista usando um guarda chuva.

Irônico. Todas as matérias do programa Esporte Espetacular deste domingo e voltadas para o skate, falavam de dificuldades em ser skatista pro no Brasil, da falta de estrutura para treinar. Uma matéria especial sobre a pista construída na casa do skatista Rony Gomes, inclusive, foi exibida. E deu ainda mais ênfase a quanto esses caras são guerreiros e fazem tudo por amor ao skate e por representar o  país.

O RESULTADO

Já que a única e exclusiva culpada foi a natureza, nada faria a final acontecer, ser adiada ou transmitida em algum horário diferente da grade. Alterar a programação por uma etapinha do Verão Espetacular? Jamais! A cobertura do resultado final no portal da Globo foi dada como se nada do comentado aqui tivesse acontecido.
Como Bob Burnquist foi o melhor colocado na última bateria classificatória, foi considerado dele o troféu de vencedor. A frustração dos espectadores (locais e pela TV) foi gigantesca. Apesar de o título permanecer com um brasileiro, esperava-se um show de manobras com o Mitchie Brusco, Paul Luc Ronchetti e do próprio Marcelo Bastos. Todos estavam focados para dar o seu melhor na pista e a organização do evento deixou (bastante) a dever.

Finalistas do Rio Vert Jam 2012 :

Marcelo Bastos – atual campeão
Bob Burnquist (BRA) – 89,33 pontos na semifinal
Paul Luc Ronchetti (ING) – 88,33
Andy MacDonald (EUA) – 87,33
Pedro Barros (BRA) – 87,00
Mitchie Brusco (EUA) – 86,33
Sandro Dias (BRA) – 86,00
Dan Cezar (BRA) – 85,33

ANÁLISE

Desastroso e vergonhoso é o mínimo que todos os admiradores do skate e pessoas de algum bom senso podem achar. Faço minhas as palavras do Alessandro, dono do EVOM e um dos caras que mais divulgam eventos e notícias da modalidade. Segundo ele, “é lamentável que uma etapa do circuito mundial de skate profissional seja disputado em condições precárias como vimos hoje em rede nacional. O episódio de hoje foi mais uma vergonha para o skate brasileiro. Agora pense: se skatistas profissionais não tem o mínimo de infra-estrutura para competir, como os fãs do esporte e skatistas amadores e iniciantes terão condições de praticar o skate, segundo esporte mais praticado no Brasil?”

Pois é…

Fotos créditos: Alexandre Durão | Globoesporte.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s