Playlist da semana #19 – Fire

Brasil inteiro derretendo, seja no calor de mais de trinta graus ou nas chuvas e enchentes sem fim. Mas, par falar de coisa boa e comemorar um pouco mais do verão que daqui a pouco se despede, músicas com “fire” na playlist de hoje. Se o fogo é bom,  deixa queimar! Ouve aí!

>>AUDIOSLAVE
Essa, apesar de boa e ser uma banda de estrelas, nunca teve uma total aceitação por parte dos fãs. Causava estranheza três integrantes do Rage Against the Machine tão acostumados a tocar músicas de protesto fazendo algo mais na linha pop. Assim como era muito estranho ver o vocalista Chris Cornell , vindo de uma banda do grunge, alternativa fazendo.. pop. Com o fim (temporário) do RATM e (definitivo) do Soundgarden, o quarteto se juntou e durou quase uma década. Dos três discos de estúdio, muitos hits. Entre eles, “Original fire” do “Revelations” gravado em 2006 e lançado em 2007 – o último e polêmico álbum.

>>GARAGE FUZZ
De fato, “Tireless on fire” não é uma das músicas mais conhecidas da banda santista Garage Fuzz. Depois do bom retorno do primeiro disco “Relax in your favourite chair” de 1994, “Turn The Page… The Season is Changing” de 1999 encerrava a década de 90 e os coroava como uma das melhores bandas brasileiras daquele período. Título que segue até hoje. Além da faixa fire, “The Season…” ainda vinha com “Shore of hope” e “Variations” – duas das músicas mais adoradas pelos fãs.

>>JOHNNY CASH
Há alguma coisa a dizer sobre Johnny Cash que o filme “Walk the line” (no Brasil, “Johnny e June”) não contou? Talvez o legado de sua música que continua ainda tão idolatrada quanto nos mais de 40 anos de carreira. Dos seus inúmeros sucessos, “Ring of fire” de 63 é um dos mais conhecidos.

>>KINGS OF LEON
Foi uma grata surpresa a aparição do quarteto de Nashville nas paradas de sucesso dos anos 2000. Inaugurando (sem querer) um início dessa moda vintage e tocando como uma reencarnação do Credence Clearwater Revival, o Kings of Leon foi muito elogiado no lançamento de seus três primeiros álbuns. Foi em 2007, com a mudança total de visual e uma pegada mais pop, que o caldo azedou um pouco. Não ficou ruim, mas perdeu a identidade e tudo o que os fazia diferente. Apesar disso, “Only by the night” foi considerado um dos melhores álbuns de 2008 e além de “Use somebody” tem a quente e uuuh, sexy! “Sex on fire”. Meninas deliram!

>>METALLICA
Apesar de estar sempre em evidência (para o bem ou para o mal), o Metallica não lança nada relevante há bastante tempo. Seu sucesso atual e os shows abarrotados ao redor do mundo, tem os sets baseados em sucessos antigos. O fogo que musicalmente os falta estão em dois dos conhecidos hits, feitos na sua fase mais criativa: “Jump in the Fire” do primeiro álbum (“Kill ´em all”, de 1983) e “Fight fire with fire” do “Ride the lightning” de 1984. Confira os dois – um em um vídeo dos anos 80 e outro mais atual, já com Trujillo no baixo.

>>RUSH
São poucas bandas que tem a carreira tão linear quanto o Rush. E poucas são as que colecionam tantos sucessos ao longo da carreira. “Counterparts” de 1993 é um dos discos que revitalizou o trio, expôs mais a banda em canais como a MTV, reforçou sua criatividade e deu ainda mais gás a já conquistada importância no cenário musical. O décimo quinto disco foi responsável por dar uma guinada na leva de novos hits. Além da ultra tocada “Cold fire”, o disco ainda contém a bombada “Nobody´s hero”.

>>SICK OF IT ALL
O Sick of it all é uma banda tão conhecida, tão cultuada que parece que tem muito mais anos de estrada do que realmente consta oficialmente. “Scratch the surface” é de 1994. É o terceiro disco da banda e um dos mais adorados de sua discografia. Apesar de menos citada, “Cease fire” faz parte desse mesmo álbum que contém o master hit “Step Down” e a ótima faixa título.

>>PAURA
O Paura é uma instituição do hardcore paulista. Com mais de 15 anos de estrada e cinco discos de estúdio, cada lançamento reforça ainda mais o porquê de serem tão respeitados – mais fora do que dentro do país, infelizmente. Bom pra eles que anualmente fazem uma extensa tour gringa. “Drive by fire” é do fodasso quarto disco, “Reverse the flow”, lançado em 2007. Relembrando o Gordo Freak Show.

>>MACHINE HEAD
O Machine Head é uma das bandas mais importantes do metal dos anos 90. Sua sólida carreira tem vários discos de estúdio, shows incendiários e uma mega coleção de pedradas. Tudo começou com “Burn my eyes”, primeiro e  clássico disco lançado em 1994. Atemporal, “A Nation on fire” é um dos hits dele.

Ardeu? Ferveu? Tomara que sim! Botando fogo no início da semana. Nos vemos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s