Fim do Nitrominds

Se você se ligou na Internet ontem viu que a banda Nitrominds anunciou o fim dos atividades. E a notícia bombastíca pegou literalmente todo mundo de surpresa, afinal, a banda até o momento não dava indícios de nenhum motivo aparente para acabar. Dezoito anos depois e  o que parecia impossível, atingiu uma das mais representativas do underground nacional.

É difícil às vezes analisar “de fora” a importância de uma banda que sempre fez  parte da sua vida. De graça e não por uma “obrigação profissional”. E sempre quando acontece algo trágico ou ganha alguma evidência aparece os real fans. Não sou dessas, mas nesse caso sou muito suspeita para falar. Como fã e como uma humilde jornalista que teve oportunidade de postar alguma notícia, nota, matéria, review ou entrevista pelos veículos que estou ou passei.

Sempre fui de São Paulo, mas minha vida escolar e meu começo nos shows de rock nacional e independentes foi no ABC Paulista, especialmente em Santo André. Fui educada entre o metal e Raul Seixas, mas também sou um pouco testemunha das brigas homéricas naquela região entre punks, góticos e carecas. Mais identificada com a contracultura sempre fui a favor dos espetados ou arruaceiros. Era do tipo de fã de pegar zine, comprar e gravar cassete, e foi assim que o Nitrominds e Garotos Podres entraram na minha vida.

Hoje não existe mais o romantismo das trocas de cartas, dos zines e fitas pelo correio, da integração e um pouco do gostinho em esperar pela publicação da notícia, das coisas serem mais difícieis mas talvez por isso terem mais valor. Sentimental. A internet tá aí e se você não tem ideia do que a banda é ou do que eu estou falando, só lançar no Google que tem mais propriedade que eu pra dar referências. A gente aqui fala do que viveu, do que estudou, sentiu na pele ou gostaria de saber. Longe de ser um tributo, uma ode ou só uma experiência pessoal, esse texto é uma constatação que, a cada ano, essa nossa incrível cena nacional nos surpreende como uma facada violenta no estômago. É integrante que muda, ídolo que morre, banda que acaba e vamos ficando mais carentes, chateados e orfãos de referências.

Além de muitas músicas próprias, para as bandas, o Nitro desbravou a Europa e foi uma das primeiras que ensinou o caminho das pedras para que o underground brasileiro, do punk e hc fosse visto, ouvido e respeitado em terras muito distantes. Foram eles que, entre tour e projetos, apresentaram ou trouxeram bandas que pareciam impossível de se ver ao vivo ou se quer ouvir falar como Dag Nasty, Kaeng, Bambix, entre tantas outras. Tive a felicidade de ver e cobrir muitos shows e entrevistar o André (vocal) em algumas oportunidades: como Musica Diablo no Páginas Vazias, na Horns Up e a última e ainda on line na Roadie Crew como Nitrominds em fevereiro deste ano. Confira na íntegra essa entrevista, talvez uma das últimas da banda ainda em atividade e a nota oficial de despedida.

Definitivo ou não, obrigada por tudo trio! Serão sempre especiais na minha e na história de muita gente, tenho certeza. E a torcida é para que as mudanças sejam para o bem.

É isso. Se ainda não tem, baixe a discografia completa e se não viu, lamente-se pelo que perdeu! A partir de agora, meu filho, minha filha, com as próprias pernas, start your own revolution!

Anúncios

5 pensamentos sobre “Fim do Nitrominds

  1. Street acabou, Nitrominds, Porcos cegos, o Redson se foi, infelizmente estamos ficando sem referencias, o nitrominds é uma puta banda, os caras tocam demais, e fora os shows sempre energéticos!!!

  2. Triste mas real, assim está caminhando a cena underground no Brasil, aos poucos sendo consumida por modas e besteiras desenfreadas…Bandas como Nitrominds que mostra musica de qualidade, propostas nas letras, postura de palco fudida entre várias outras qualidades, e um dos fatores importantes que é serem humildes e tratarem todos da mesma forma, fui em vários shows dos caras que sempre surpreenderam pela qualidade musical e pessoal. Realmente triste. Apoie o Underground, afinal é a cena na qual fazemos parte.
    NITROMINDS SEMPRE…ESTÁ REGISTRADO NOS ÁLBUNS E EM NOSSAS MENTES!!!!
    VLW..
    Alê.(AUDIOKAOS)

  3. ainda existem algumas (poucas) bandas boas no cenário nacional.. mas nenhuma faria tanta falta qto o nitrominds irá fazer.. uma das bandas mais fodas que já conheci.. não foi na globo, na mtv, e muito menos é de ny ou seatle.. é do abc, são paulo, brasil.. brasil! coisa nossa! quem diria q desse país tão “ai se eu te pego” sairia uma banda tão foda como esta.. sem palavras.

  4. Fico feliz por esse post ter dado tanta repercussão e ter comentários tão legais. Mas infelizmente por uma notícia triste e tão inesperada. Me sinto mesmo que se tivesse perdendo algum amigo querido num acidente de carro ou naquelas mortes estúpidas que a gente não espera.
    Mas… é isso, obrigada a todos que comentaram ou vão comentar aqui!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s