Homônimas #5 – Audioslave x SOAD

De um lado o groove e o instrumental redondo que o Rage Against the machine emprestou temporariamente ao Audioslave. De outro, armênios malucos que não deixam ninguém imune ao seu som furioso e explosivo. Qual “Hypnotize” é melhor? A de Chris Cornell e cia ou a do System of a Down?

AUDIOSLAVE
Da ideia improvável de juntar um vocalista vindo do grunge com um trio base do RATM, surgiu um supergrupo com uma carreira tão produtiva quanto meteórica. O disco homônimo de estreia do Audioslave foi lançado em 2002 e tinha nada menos que hit singles  como “Cochise”, “Show Me How to Live”, “What You Are” e “Like a Stone. Não a toa, foi o assunto daquele ano e um dos discos mais premiados do período. A “Hypnotize” deles está nesse disco também. Tão obscura e escondida, coitada, que nem tem videoclipe. Note a influência gritante do funk (aquele da gringa não essa baixaria em forma de música do Brasil) no swing da guitarra. Genial! Tom Morello né? Sem mais.

SYSTEM OF A DOWN
O System é de 1994, mas só veio estourar mesmo em 2001 com o segundo disco “Toxicity”, sucesso encabeçado pela faixa-título e outros hits como “Chop suey”.  A partir de então, fizeram videoclipes bombados, entraram em tudo que era festival gringo e também na lista negra do governo americano por suas letras consideradas subservivas e feitas por armênios e segundo a Casa Branca, possiveis articuladores do terrorismo pós 11 de setembro, além de faturar tudo quanto era prêmio possível. Em 2005, a criatividade pulsante da banda era tão aguçada que, com a quantidade de faixas produzidas, dividiram o trabalho em dois discos. Nada simples , mas com conceito e elaborado projeto gráfico. Um era o “Mezmerize” e o outro “Hypnotize”. Igual ao segundo disco, esse duplo vendeu milhões, rendeu mais prêmios, mais clipes e muito mais shows. Depois disso tudo a banda fez uma pausa, voltou aos palcos, toca eventualmente, mas está sem lançar nada novo desde então e se divide em projetos paralelos.

Gosto de Audioslave, mas nesse caso tomo partido do System sem medo! E você? Escreva dizendo, dê palpites e até o próximo capítulo da série Homônimas!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s