Bob Burnquist: Tetracampeão!

Não é a toa e nem exagerado fazer o comparativo desse mestre veterano do skate brasileiro com dois dos maiores jogadores de futebol do Brasil. Considerado o Pelé das rodinhas, Bob Burnquist também é um Fenômeno. Na primeira edição da Megarampa no Rio de Janeiro, a quarta no Brasil, superando dores e lesões, ele se sagra tetracampeão do evento.

Dois meses após superar a dor e conquistar o ouro no Summer X-Games deste ano em Los Angeles, o responsável por trazer a Megarampa ao Brasil, mostrou o porque superação é seu sobrenome e porque confirma o favoritismo. Dos quatorze participantes da competição no skate, já no sábado, nas eliminatórias para a final, Bob liderou as notas e ficou entre os seis que correram a final na manã deste domingo, 26.

Apesar de menos resistência de vento do que o sambódromo de São Paulo, a apoteose do Rio tem o agravante de mudar de direção rapidamente, fazendo com que as estratégias para as descidas se tornassem imprevísiveis.

FINAL SKATE

Com um público previsto de 10 mil espectadores, e como tradição, transmitido ao vivo pela TV, entre os finalistas havia um mix de iniciantes e veteranos, entre idades de 11 a 37 anos. Mitchie Brusco, já conhecido do público e hoje com 15 anos, foi um dos que chegou a ameaçar o reinado de Bob Burnquist fazendo duas voltas perfeitas – uma considerada a melhor do dia e outra na corrida final. A grande revelação da Mega 2012 foi Jagger Eaton. O baixinho de 11 anos foi a grande atração com suas voltas conscientes, recheado de técnica e muito carisma.

Os skaters mais experientes, apesar da ousadia característica, não conseguiram emplacar manobras ou fazer boas finalizações. Caso do brasileiro Lincoln Ueda e Jake Brown – o mais velho de todos os concorrentes e claramente insatisfeito com seu desempenho.
Apesar de não ter finalizado bem sua última volta, preocupado a platéia com uma cãimbra na batata da perna que o deixou paralizado por alguns instantes e precisando de atendimento médico, Bob faturou com larga vantagem para os melhores colocados. Depois skatista não é atleta e skate não é esporte? Ok…Confira a pontuação que garantiu a ele o tetracampeonato e a colocação dos seis melhores:

1- Bob Burnquist- 85.33
2- Mitchie Brusco- 66.99
3- Jake Brown- 64.99
4- Jagger Eaton- 57.33
5- Elliot Loan- 51.99
6- Lincoln Ueda- 46.66

Completam os dez melhores os skatistas Rony Gomes (7º), Trey Wood (8º), Alex Sorgente (9º) e Adam Taylor (10º).

Este slideshow necessita de JavaScript.

BMX

O BMX também demarcou seu espaço na cidade maravilhosa.

Na final do BMX, o americano Colton Satterfield foi o vencedor  do BMX do MegaRampa 2012 depois de acertar um back flip, dar spin e whip. Ele foi o único rider que conseguiu realizar três manobras diferentes no mesmo voo. E o brasileiro Douglas Leite, o Doguete, conquistou o bicampeonato da prova de High Air (maior aéreo) BMX realizada na manhã deste sábado. O atleta quebrou o recorde sul-americano, atingindo uma altura de 6,40 metros, 20 cm a mais do que o salto que lhe rendeu o título na MegaRampa do ano passado.

Colton recebeu o premio de US$ 10 mil pela vitória na final. Já Morgan Wade, em segundo, levou US$ 6 mil, e Chad, em terceiro, US$ 5mil. No combo, Dougete conquistou o primeiro lugar no pódio, recebendo 5 mil dólares de prêmio, enquanto Kevin Robinson ganhou 3mil na segunda colocação e Chad Kagy, em terceiro, levou mais mil dólares nesta modalidade.

Com fotos e informações do Terra e do Jornal do Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s