Deu Fanning no Tahiti

Uma das etapas mais paradonas do World Tour deste ano foi, sem dúvida, esta no Tahiti. Dias e dias sem onda e um único e último de swell para se decidir tudo. Dois brasileiros seguiram na briga, mas deu Austrália e a experiência de Mick Fanning consagrando a segunda vitória no ano no circuito profissional.

As esperadas ondas da clássica Teahupoo este ano ficaram só no sonho. Apesar de proporcionar alguns tubos, o mar estava muito insconscistente, ficando liso por dias, provocando vários dias do chamado lay day, deu até pescaria para os surfers que não tinham nada melhor para fazer.

O australiano Mick Fanning foi o grande vencedor do Billabong Pro Taiti, quinta etapa do Circuito Mundial da ASP, que terminou na tarde desta segunda nos míticos tubos de Teahupoo, depois de bater na final o compatriota Joel Parkinson. Fanning teve uma prestação incrível durante todo o evento que teve o seu auge na final. Depois de ver Parko arrancar em grande forma na bateria final com um 9,50 (máximo de 10) e um 8,87 em apenas 5 minutos, Fanning respondeu com um 9,37 e um 9,50, fazendo a reviravolta já nos últimos minutos do heat. Fanning acabou por somar impressionantes 18,87 pontos (em 20 possíveis), contra 18,37 do rival e amigo Parkinson.

AUSÊNCIAS
O 11 vezes campeão mundial e atual detentor do título, Kelly Slater, caiu da vice-liderança para o 4.º posto do ranking, depois de ter sido eliminado na 3.ª ronda, e está agora com uma margem de erro reduzida se quiser chegar à 12.ª vitória no “Dream Tour”. Os brasileiros foram caindo nas etapas iniciais. Com um surf maduro e peitando os veteranos, Ricardo dos Santos e Gabriel Medina foram os brazucas que avançaram até o dia da final, mas cairam nas quartas.

Próxima parada: Trestles (Califórnia), em 16 de setembro.

Resultados Billabong Pro Taiti (Último dia):

Quartas-de-final:
Heat 1: Mick Fanning (Austrália) 19.07 – Ricardo dos Santos (Brasil) 18.64
Heat 2: Owen Wright (Austrália) 18.90 – C.J. Hobgood (Estados Unidos) 15.60
Heat 3: Joel Parkinson (Austrália) 16.50 – Jeremy Flores (França) 16.43
Heat 4: John John Florence (Havai) 16.17 – Gabriel Medina (Brasil) 4.17

Semi-finais:
Heat 1: Mick Fanning (Austrália) 18.93 – Owen Wright (Austrália) 18.10
Heat 2: Joel Parkinson (Austrália) 17.14 – John John Florence (Havai) 15.17

Final:
1 – Mick Fanning (Austrália) 18.87
2 – Joel Parkinson (Austrália) 18.37

Ranking WCT:
1. Mick Fanning (Austrália), 34.750 pontos
2. Joel Parkinson (Austrália), 31.700
3. John John Florence (Havai), 27.450
4. Kelly Slater (Estados Unidos), 25.450
5. Taj Burrow (Austrália), 24.950
6. Adriano de Souza (Brasil), 24.150
7. Owen Wright (Austrália), 22.650
8. Josh Kerr (Austrália), 21.700
9. Jeremy Flores (França), 19.200
10. Julian Wilson (Austrália), 18.900

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com informações do Record e ASP World Tour

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s