Playlist da semana #40 – Primavera

Ah, a primavera! Com boa dose de ironia, ela chegou no Brasil e levou o calorzão embora. Na música, a estação das flores já inspirou muitas canções ensolaradas na história do rock. Como nem tudo é amor debaixo do Sol, nessa playlist algumas músicas fofas e outras nem tanto da temporadada  mais colorida do ano.

>>TRHIVEN
O Thriven é uma das mais legais bandas da nova geração do metal nacional. Os caras estão atualmente divulgando o disco “Bag Of Scumbags” na Trama Virtual. A primavera deles está no primeiro disco: “Purecavespringwater” de 2008.

>>ANGELS AND AIRWAVES
Para quem não sabe, o Angels and Airwaves foi formado em 2005 por integrantes de outras bandas e encabeçada por Tom DeLonge, guitarrista e vocalista do Blink 182. Na ainda curta discografia, há “Rite of Spring”, faixa do segundo disco “I-Empire” de 2007.

>>BEATLES
Depois da morte do manager Brian Epstein por overdose em 1967, os Beatles foram forçados a lidar com mais de questões de negócios. Cansado disso, George Harrison fugiu para a casa do amigo Eric Clapton, onde pegou emprestado um violão e escreveu a melodia de quem aguarda a primavera, após um “longo, inverno frio e solitário. ” Como Harrison escreveu no encarte de “The Beatles Anthology”: “Quando o inverno na Inglaterra vai, na primavera hora que você tem  o que realmente merece.” Aí vem o Sol.

>>THE WHO
“Love ain´t for keeping” é uma das muitas músicas escritas pelo vocalista e guitarrista Pete Townshend. Ela faz parte do clássico “Who´s Next?” de 1971. Apesar de fugir do rockão pegado da música, a faixa calminha é carregada da ironia típica do autor. Faz um paralelo com problemas domésticos e o poder da natureza quando conta a história de um cara que quer sair de casa para fugir da mulher louca e nervosa. A primavera está na entrelinhas.

>>U2
O hit clássico do U2 fala sobre a beleza das flores, das paisagens, do céu, do vento. É uma faixa praticamente encomendada para atingir os corações dos amantes da primavera. Depois de tanto protesto, um tempo de descanso debaixo do Sol.

>>LOS HERMANOS
A baladinha de amor é uma das poucas do primeiro disco e do início de carreira agitado da banda carioca Los Hermanos que vez ou outra, reaparece para a alegria dos fãs orfãos daquele fim dos anos 90. Ou pra, nada inocentemente, fazer um dinheiro, afinal, bufunfa e água fresca é bom pra qualquer mortal.

>>CATEDRAL
A banda formada por inicialmente por três irmãos e um amigo despontou no mundo gospel brasileiro. Um dia resolveram ir para o mercado dito secular e pecador do rock. Foi renegado pelos crentes por ter “caído” na tentação do sucesso popular e jamais foi bem aceito pelos fãs que achavam a vozdo vocalista Kim, mesmo sem ser forçada, uma cópia fajuta do estilo de Renato Russo. Ignorando os fatos, a banda persiste e tem uma extensa discografia. A cover da música de Beto Guedes está no disco “Atemporal” de 2006.

>>IRA!
O Ira! já era um fenômeno no rock brasileiro, e principalmente, paulistano naquele início de anos 80. “Vivendo e não aprendendo” de 1986, o terceiro disco de estúdio, caminhava para ganhar a marca de 200 mil cópias vendidas quando a faixa “Flores em Você” foi incluída na abertura da novela O Outro, da Rede Globo, no ano de 1987. A música composta pelo guitarrista Edgard Scandurra foi uma das canções mais executadas nas rádios brasileiras no período entre 1986 e 1987. Ela tem, assumidamente, um arranjo altamente influenciado por “Eleanor Rigby” dos Beatles.

>>RAMMSTEIN
A primavera obscura do Rammstein faz parte do quinto disco da banda alemã, o “Rosenrot”, lançado em 2005. Além de mesclar o inglês e o alemão nas faixas, o álbum é famoso por ter na capa um transatlântico americano dos anos 60.

>>ELVIS PRESLEY
Para terminar feliz, um clássico que se tornou uma das músicas mais floridas do rock desde momento em que o rei do rock apareceu no filme de 1965 “Happy Girl”. Ao lado de Frankie Avalon e Annette Funicello inaugurou o gênero de filme na praia. Esta é uma ode à primavera, ao calor e o Sol que precedem o verão e levam embora o cinza do outono e inverno. Fácil de gostar como qualquer música e coisa em que Elvis esteve envolvido.

A foto que abre a playlist é do disco do cantor Leno, um dos expoentes da Jovem Guarda. “Flores mortas” ia bem na contramão dos rockinhos para família que a trupe juvenil brasileira produzia para as massas. Como prefiro os do contra, aí está. Até a próxima!

Com informações da Spinner e do Vírgula

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s