Memória do Esporte Olímpico na Olido

Depois da exibição em julho deste ano na ESPN e na Cinemateca de SP, os documentários do projeto Memória do Esporte Olímpico Brasileiro estarão em uma mostra com entrada gratuita na Galeria Olido. Confira a programação para este sábado (6).

O projeto Memória do Esporte Olímpico fomenta a produção de documentários que resgatam a história dos atletas olímpicos brasileiros. Na mostra, o público poderá conferir os filmes vencedores do edital lançado pelo projeto em 2011, uma série de curtas e um longa-metragem que revelam as trajetórias dos esportistas do país desde os anos 1920. Atletas como Maria Lenk, Aida dos Santos, José Telles da Conceição, Adhemar Ferreira da Silva, Servílio de Oliveira e Cláudio Kano são alguns dos retratados por diretores brasileiros novos ou veteranos. Destaque para a projeção do longa “México 1968 – a última olimpíada livre”, de Ugo Giorgetti, que trata da primeira edição latino-americana das Olimpíadas, um marco na história dos Jogos por conta das tensões políticas que a atravessam, e “Ouro, prata, bronze e… chumbo!”, de José Roberto Torero, curta sobre a conquista das primeiras medalhas para o Brasil nas Olimpíadas de 1920, realizadas na Bélgica.

Além desta de sábado, 6, outras duas mostras com filmes diferentes desta primeira, irão ser exibidas. Para ver as exibições de 24 de novembro e 8 de dezembro acesse o site do Memória do Esporte.

Programação Cine Olido

06/10 – Sábado

15h00
AIDA, UMA MULHER DE GARRA

Diretor: André Pupo
Produtora: Célula
Modalidade: Atletismo Duração: 26 min
Única mulher da delegação brasileira nas Olímpiadas de Tóquio, em 1968, Aida dos Santos conquistou a quarta posição na prova de salto em altura, mesmo sem treinador, patrocinador, tênis ou uniforme próprio. Esse projeto resgata a memória dessa saltadora e sua epopeia olímpica.

15h30
MARIA LENK – A ESSÊNCIA DO ESPÍRITO OLÍMPICO

Diretor: Iberê Carvalho
Produtora: Pavirada Filmes e Produções Ltda
Modalidade: Natação Duração: 26 min
O documentário compartilha com todos os brasileiros as histórias e recordações generosamente contadas pela nadadora brasileira Maria Lenk. Um material úni­co, de valor inestimável para a memória do esporte olímpico brasileiro.

16h00
BRILHO IMENSO, A HISTÓRIA DE CLAUDIO KANO

Diretor: Denis Kamioka
Produtora: Paranoid Brasil Ltda
Modalidade: Tênis de mesaDuração: 26 min
Humilde e carismático, o mesa-tenista Claudio Kano participou de duas Olimpía­das (Seul, 1988, e Barcelona, 1992) e deixou muitas saudades após sua trágica morte antes dos Jogos Olímpicos de Atlanta, 1996. Claudio não chegou a ser um me­dalhista olímpico, mas sua carreira reúne elementos muito especiais, que revelam o perfil não só de um grande atleta, mas de um verdadeiro ídolo.

16h30
Conversa dos diretores com a plateia

Confirma mais informações sobre o projeto acessando o site oficial ou o perfil no Facebook. Neste último, há um sorteio de kits de documentários acontecendo. No site é possível saber de filmes em produção, editais e novidades.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s