O original e o cover #36

E quando o forrocore encontra o metal dá? Cover! E do bom! O Claustrofobia desenterrou “Rapante” dos Raimundos e jogou na rede. Veja só o que deu!

claustro-promo

O ORIGINAL
Se a revolução no rock mundial foi por volta de 92 com o Nirvana, no Brasil uma nova geração, principalmente vinda da capital federal, também chacoalhou as coisas por aqui quase no mesmo período. Em 94 era lançado um dos discos mais importantes dessa década. “Raimundos” tem dezesseis músicas e é um daqueles que é praticamente composto de hits, entre inéditas e releituras. Encabeçado por dois em especial, “Selim” e “Nega Jurema” , foram vendidos por volta de 120 mil discos – ainda vinil na época. É ainda influente e está no número 45 dos “100 maiores discos da história da música brasileira”, segundo a Rolling Stone. “Rapante” não é um dos mais conhecidos, mas faz parte desse disco clássico.

O COVER
2012 tem sido um ano generoso para o Claustrofobia. Disco novo bem sucedido, muitos shows e um festival próprio realizado em outubro, em São Paulo. Com casa cheia. Nesse embalo, a banda divulgou semana passada a cover de “Rapante” do Raimundos. Fazer cover não é exatamente uma novidade para eles. Sepultura, uma das principais referências da banda, foi uma delas. O surpreendente? Dar ainda mais qualidade a uma música coadjuvante num disco de tantos sucessos. Confira a versão bruta do som.

Curtiu? Esse tem obrigação, haha. Até o próximo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s