Vencedores do Rally Dakar 2013

Stéphane Peterhansel liderou 12 etapas e é o campeão absoluto do Rally Dakar 2013. O francês Cyril Despres conquistou o pentacampeonato na categoria Motos. Veja os destaques a balanço final da participação dos pilotos brasileiros na competição.

20130120_134505_g

CATEGORIA MOTOS
O piloto francês Cyril Despres, de 38 anos, conquistou o pentacampeonato na categoria Motos no último sábado (19). Acumulando títulos em 2005, 2007, 2010, 2012 e 2013 na competição, além do vice-campeonato em 2003, 2006, 2009 e 2011, o competidor da KTM encerrou sua participação após 43h24min22, pouco mais de dez minutos de vantagem sobre o segundo colocado.
Com a conquista, Despres se iguala ao compatriota Cyril Neveu no número de troféus, se consagrando como o segundo maior vencedor da história entre as motos no Dakar. O grande campeão continua sendo Stéphane Peterhansel, seis vezes campeão durante a década de 1990. Dentre os 14 estágios, o piloto venceu apenas a 9ª etapa, e se manteve líder seis vezes. Na última especial, Despres chegou em 17º lugar e mais de quatro minutos atrás do ponta, se consagrando campeão.

A 11ª VITÓRIA DE STÉPHANE PETERHANSEL
Depois de liderar entre os carros por 12 etapas seguidas, Stéphane Peterhansel se consagra campeão do Rally Dakar 2013, tanto na sua modalidade como no ranking geral que inclui todos os competidores e seus veículos. Ele ficou em sexto lugar no primeiro dia, venceu apenas duas especiais, mas como um bom estrategista se manteve sempre entre os ponteiros, controlando seu tempo sem assumir riscos excessivos.
Ao final da competição, Peterhansel acumula um total de 38h32min39 de pilotagem em seu Mini All4, sem ter quebrado o carro ou tomado qualquer tipo de penalidade. O segundo colocado na classificação final é Giniel De Villiers, dirigindo uma Toyota Hilux, que ficou com 42min22 mais que o líder. O terceiro no pódio é o russo Leonid Novistky, companheiro de equipe do campeão, que finalizou após 40h01min01.

PARTICIPAÇÃO BRASILEIRA
Ao longo da competição, das quatro equipes da categoria Carros, três se retiraram do rali. Marco Baumgart e Kleber Cincea saíram após capotarem sua Mitsubishi Pajero na 5ª etapa. No dia seguinte, Bruno Sperancini e Thiago Vargas, que estavam a bordo de um UTV Polaris, abandonaram porque o piloto foi vetado de continuar competindo após apresentar um estado crítico de desidratação.
A equipe Mitsubishi Petrobrás, com Guiga Spinelli no volante do ASX Racing e Youssef Haddad como navegador, foi obrigada a desistir após o veículo apresentar problemas elétricos depois que os pilotos foram atingidos por uma enxurrada no meio de um rio que deveria estar seco. O único brasileiro que completou a prova nos veículos de quatro rodas foi Reinaldo Varela, com seu UTV Can-Am Commander. Ele ficou em 54º lugar na classificação por tempo acumulado, com um total de 66h19min27. O piloto chegou a levar 1h15 de penalidade e ficou 27h46min48 atrás do campeão.

Foto: David Santos Jr / Webventure.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s