Documentário “Mulheres no Metal”

Algumas experiências femininas na cena do Heavy Metal do Brasil estão reunidas no “Mulheres no Metal”, documentário que traz relatos de integrantes das bandas precursoras do Metal feminino no país, como a mineira Placenta e as brasilienses Valhalla e Flammea.

mulheres-no-metal

SOBRE O DOCUMENTÁRIO
A ideia do documentário surgiu da observação de que, apesar de haver uma presença feminina considerável e atuação relevante desde o início da cena heavy metal no país, materiais sobre o metal feminino nunca haviam sido compilados anteriormente em vídeo. As mulheres não só fazem parte desse meio como também ajudaram a construir as cenas locais, seja com suas bandas, produções ou outros tipos de atuação. O vídeo pretende desvelar essa presença, mostrar o que a história contada por “eles” não trouxe, e iniciar reflexões sobre preconceitos e novas possibilidades da inserção feminina neste gênero musical.

Contemporânea das grandes bandas do metal mineiro, como Sepultura, Sarcófago, Multilator e Overdose, o Placenta foi a primeira banda de heavy metal formada apenas por mulheres no Brasil, com uma carreira rápida iniciada em 1985 e encerrada na própria década de 80, mas de grande importância para a cena: O Placenta abriu portas para outras grandes bandas do metal feminino como o Volkana (1987), Flammea(1988) e Valhalla (1990).

A iniciativa do vídeo também é de uma mulher, admiradora e espectadora que traz o gosto pelo heavy metal desde a adolescência: a jornalista Gracielle Fonseca, que também é uma das autoras do documentário “Ruído das Minas: a origem do Heavy Metal em Belo Horizonte”, junto de Filipe Sartoreto e Rafael Sette Câmara. “Ruído das Minas” foi um trabalho de conclusão de curso em Jornalismo pela Universidade Federal de Minas Gerais, terminado em 2009 e lançado em festivais como o In Edit, Indie e também exibido pela MTV Brasil.

A produção foi lançada em dezembro do ano passado e foi liberada no Youtube

Confira também a versão com legendas em inglês.

Com informações da Roadie Crew

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s