Assassinando um clássico #6

Num dia de comemorações do Dia do Rock ao redor do mundo, vamos ver como anônimos e famosos conseguem assassinar os grandes clássicos do estilo. A vítima da vez é “My generation” do The Who.

the-who

A VÍTIMA
“My generation” é considerada [com razão] um dos clássicos fundamentais na história do Rock. É também um símbolo da rebeldia do rock inglês que gerava bandas como os primeiros grandes ídolos na década de 60. A música foi escrita pelo guitarrista e faz tudo na banda Pete Townshend. A inspiração tem várias versões, mas tem a ver, segundo ele, com encontrar o seu lugar na sociedade, ser feliz com o que faz antes de morrer. Curiosidade: A frase “I hope I die before I get old” faz referência a morrer mentalmente antes de ficar rico demais e não poder aproveitar a vida.

O CRIME
Vários covers dignos dessa música já foram feitos. Mas esse da Hillary Duff é considerado um, senão o pior deles. A cantora lançou sua versão dançante e eletrônica mudando completamente a letra e o conceito descaracterizando a música e a mensagem de rebeldia. A faixa está no disco homônimo lançado em 2004 como bônus track da versão japonesa do disco. Coitado dos orientais…

Sofrível né? Por isso aumenta o volume na versão do The Who e comemora esse sábado com classe!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s